8.4.11

auto-RØCIPES

Blinis de Courgette dos Jovens Russos
quando Falam de Problemas Eternos
com salmão fumado & sour cream


O prato principal do menu confeccionado para os Há-que-dizê-lo e difundido via Auto Rádio Alkantara em Junho de 2010.



Inspirada no quadríptico teatral criado pelos Há-que-dizê-lo, esta receita é uma ode à Rússia, ao Lago dos Cisnes, aos collants encimados por tutus cor-de-rosa e ao aneto [private especialmente dirigida ao Tiago Vieira]. Os blinis são transformados em panquecas gigantes da seguinte forma: ralam-se duas courgettes, que se misturam com a mesma quantidade de farinha, três gemas, uma colher de sopa de fermento, uma colher de café de sal fino e outra de açúcar refinado, várias ervas aromáticas frescas picadas (salsa, aneto e cebolinho foram as que usei), meia cebola (média) picada, e duas colheres de sopa de óleo vegetal. Mistura-se tudo com as mãos e vai-se adicionando, aos poucos, golpadas de água morna misturada com um pouco de leite, até se conseguir uma massa pastosa. Deixa-se a massa repousar durante meia hora, mais coisa menos coisa. Entretanto, mistura-se o sour cream com cebolinho finamente picado, um pouco de sal e um pouco (mais generoso) de pimenta preta de moinho. Reserva-se no frigorífico. Corta-se o salmão fumado às tiras, rega-se com sumo de limão, e reserva-se também no frigorífico. Batem-se as claras dos 3 ovos em castelo firme e envolvem-se, lentamente, na massa dos blinis, até se conseguir uma mistura lisa e homogénea. Numa frigideira mais anti-aderente que o meu cérebro em dias de Verão, põe-se uma noz de manteiga a frigir em lume médio e, com a ajuda de uma folha de papel de cozinha, besunta-se muito bem toda a superfície da frigideira, nela colocando uma porção gentil de massa de blini de courgette dos Jovens Russos; quando estes começam a Falar de Problemas Eternos, vira-se, frita-se do outro lado e retira-se para um prato. Deixam-se os blinis esfriar um pouco (são servidos mornos), para depois os aperaltar com uma colher de sopa de sour cream, algumas tiras de salmão fumado marinado no limão, hastes de cebolinho inteiras em leque (adenda paneleira 1) e germinados de cebola à volta em forma de Rei Sol (adenda paneleira 2). A gosto, pode ainda aspergir-se o todo com uma mistura de sumo de limão e óleo vegetal temperados de sal, açúcar e pimenta.










©Chef Rø
2010