27.6.11

auto-RØCIPES

Scones "Susana Mendes Silva"
Smoothie de morango & basílico para acompanhar o amor
Quatro manteigas

As iguarias que acompanharam o chá em casa da Susana Mendes Silva, num programa dedicado ao amor que se perdeu no éter dos ficheiros corrompidos. Alinhamento completo do programa aqui.
























Os meus scones, como se pode ver na imagem, não têm a forma de scones-de-salão-de-chá-dondoca ali da zona da Lapa. Odeio essa merda. Tomar chá em sítios cor-de-rosa (ou qualquer outra cor da cueca da estação da avó) dá-me voltas ao estômago. Os meus scones são assim a modo que uns pães, ideais para partir em duas fatias, besuntar com manteiga e comer. Estes que fiz para a Susana (e que ficaram com o nome dela) tiveram uma adição especial: usei partes iguais de manteiga e óleo de sésamo e polvilhei-os com sementes de sésamo brancas e negras imediatamente antes de irem ao forno. Para acompanhar, aromatizei manteiga (da verdadeira; nada de margarinas dietéticas ou sucedâneos gordurosos feitos à base de soja) com 4 ingredientes diferentes: canela, mel, açúcar mascavado com limão e noz-moscada com laranja. Misturo os aromas na manteiga com a ajuda de um garfo; nada de usar batedeiras e nada de derreter a manteiga. Guardo as manteigas no frigorífico protegidas com película aderente e retiro-as só na altura de servir. Ainda pus morangos cortados em quartos a marinar em sumo e raspa de limão, açúcar, balsâmico de morango e basílico picado grosseiramente. Metade dos morangos foram servidos assim, nos seus sucos; a outra metade foi transformada em smoothie. A Susana ficou encarregue das infusões. Comemos tudo enquanto falámos sobre amores, amantes e outros dramas mexicanos. Provas sensuais e absolutas: