7.1.12

RØCIPES

Almôndega de Alheira
Compota de Cebola Caramelizada
Laranja de Amares


Alheira de caça levada ao lume forte até abrir. Duas mãos molhadas fabricam esferas de miolo de alheira com um diâmetro de mais ou menos 4 centímetros. Cebola vermelha laminada finamente crepita num golpe de azeite. Macia, leva com uma primeira chuva de açúcar branco e uma pitada de sal. Ligeiramente caramelizada e fumegante, refresca-se com cerveja, que reduz, concentrando os sabores e tonificando o caramelo. Em lume brando, a cebola deixa-se gelificar em mais açúcar, desta vez mascavado. Reservada a compota, a laranja de Amares deixa-se laminar em gomos finos. As esferas de alheira entretanto arrefecidas são envoltas em ovo batido primeiro e em pão ralado depois; fritas em óleo quente, vão a dormir na cama de compota, com a laranja a servir de almofada. Uma folha de manjericão pode ser o ambientador.