16.9.15

CHEF RØ NA GRALHEIRA

DIÁRIO #2
Retiro da Fraguinha/Manhouce/Candal
19 de Setembro 2011



Notas avulso:
  • Nunca tive dúvidas que era possível "acordar com as cabras". Nunca imaginei é que pudesse ser tão literal. Acordar com as cabras. Sem aspas.
  • E também sem Internet. E sem telefone. E sem morrer de pânico. Nunca imaginei.
  • Para ocupar os tempos de espera, que se alargam infinitamente em redor dos riachos e por entre os rochedos lunares da serra, lentos, quase estáticos, vai-se falando de assuntos que dobram velhas dicotomias. Por exemplo: no campo, tal como na cidade que o efabula (constrói), também já existem restaurantes a imitar o rústico, o tradicional e o autêntico. O campo agora também é campo: ou a espiga de milho de plástico é agora mais real que a espiga de milho que cresce no quintal. O campo a corresponder à imagem do campo. O simulacro de uma simulação.
  • Dois nomes: Manhouce. Candal. Primeira visita ao território de acção:

Manhouce é uma freguesia portuguesa do concelho de São Pedro do Sul, com 40,53 km² de área e 647 habitantes (2011). Densidade: 16 hab./km². Fica no maciço da Gralheira, entre Porto e Viseu. Centro de um polígono de santos populares célebres: São Macário, Santa Mafalda, Senhora da Saúde, Senhor da Pedra. Manhouce era atravessado por uma via romana que, saindo do Porto, passava por ali, rumo a Viseu. Sensivelmente a meio caminho entre as duas cidades, esta aldeia era local obrigatório de pernoita de recoveiros e almocreves que por lá estabeleciam o intercâmbio sócio-cultural entre as gentes do litoral e do interior. É por isso que a sua etnografia tem muitas influências do Douro e da Beira Litoral. 

Candal foi uma freguesia portuguesa do concelho de São Pedro do Sul, com 15,51 km² de área e 118 habitantes (2011). Densidade: 7,6 hab/km². Foi extinta (agregada) pela reorganização administrativa de 2012/2013, sendo o seu território integrado na União das Freguesias de Carvalhais e Candal. Mas isto só é possível aparecer aqui porque estamos em 2015. Quando por lá passei, qual recoveiro ou almocreve, Candal era Candal.


  • E de repente descobrimos o sítio onde vamos estar mais vezes. Mesmo nos cenários mais distópicos, existe sempre um sítio assim. Existe = aparece. Chama-se Ouressa e sobre ele falarei em diários subsequentes. Tem gatos, artistas, aguardentes e figos. E uma montanha com o mesmo nome. Ou será ao contrário? Nunca se sabe bem quem nasceu primeiro, não é?
  • De regresso ao Retiro da Fraguinha, vejo mais um episódio da Food Revolution do Jamie Oliver, o único celebrity chef conceptual. E vou a correr ter com a Joana, a cozinheira, que me serve o paraíso dentro de uma tigela:

video





































CHEF RØ NA GRALHEIRA é a 3.ª e última temporada do TV show "Vou À Tua Mesa" e foi produzida pela Binaural, na Serra da Gralheira, em 2011.